• A Tradução de quadrinhos no Brasil: princípios, práticas e perspectivas

    Kátia Hanna, Dennys Silva-Reis

    Lexikos Editora

    A TRADUÇÃO DE QUADRINHOS NO BRASIL: Princípios, Práticas e Perspectivas, é o novo livro publicado pela Editora Lexikos. A obra, dividida em três seções: uma história em construção, as especificidades e outros territórios, é organizada por Kátia Hanna e Denny Silva-Reis e cada capítulo apresenta discussões de feras na área de HQ. Além disso, há dois prefácios, um de Bruno Porto e outro de John Milton, e posfácio de Augusto Paim, que também divide um capítulo com Lea Hübner. Na primeira parte, Kátia Hanna e Waldomiro Vergueiro, Érico Gonçalves Assis, Nilce M. Pereira e Paula G. Arbex fazem um mapeamento historiográfico do processo de tradução de HQ no Brasil. Na segunda, Barbara Zocal Da Silva, Dennys Silva-Reis, Renata Leilão e Sabrina Moura Aragão discutem a tradução linguística de HQ, a tradução visual em HQ, como: formato, layout, letreiramento, imagens, e ainda o caso dos mangás Na terceira parte, os capítulos de Alessandra Matias Querido, Elizângela L. Liberatti, Aline Alkmin Camargo Spicacci, Lea Hübner e Augusto Paim discutem temas como: a representação ficcional do tradutor e do intérprete nas HQs, acessibilidade de HQ para a comunidade surda, a publicação de grafic novel brasileiras no mercado alemão e ainda há uma proposta de ensino pautada na linguagem das HQs.
    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 316
    Peso do arquivo 14.77MB
    Ano da publicação 2020

    Sinopse

    A TRADUÇÃO DE QUADRINHOS NO BRASIL: Princípios, Práticas e Perspectivas, é o novo livro publicado pela Editora Lexikos. A obra, dividida em três seções: uma história em construção, as especificidades e outros territórios, é organizada por Kátia Hanna e Denny Silva-Reis e cada capítulo apresenta discussões de feras na área de HQ. Além disso, há dois prefácios, um de Bruno Porto e outro de John Milton, e posfácio de Augusto Paim, que também divide um capítulo com Lea Hübner. Na primeira parte, Kátia Hanna e Waldomiro Vergueiro, Érico Gonçalves Assis, Nilce M. Pereira e Paula G. Arbex fazem um mapeamento historiográfico do processo de tradução de HQ no Brasil. Na segunda, Barbara Zocal Da Silva, Dennys Silva-Reis, Renata Leilão e Sabrina Moura Aragão discutem a tradução linguística de HQ, a tradução visual em HQ, como: formato, layout, letreiramento, imagens, e ainda o caso dos mangás Na terceira parte, os capítulos de Alessandra Matias Querido, Elizângela L. Liberatti, Aline Alkmin Camargo Spicacci, Lea Hübner e Augusto Paim discutem temas como: a representação ficcional do tradutor e do intérprete nas HQs, acessibilidade de HQ para a comunidade surda, a publicação de grafic novel brasileiras no mercado alemão e ainda há uma proposta de ensino pautada na linguagem das HQs.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Kátia Hanna, Dennys Silva-Reis
    • Tradutor(a)
    • Gênero Graphic Novels
    • Editora Lexikos Editora
    • Páginas 316
    • Ano 2020
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786599232121
    • Peso do arquivo 14.77MB