• Desenvolvimento Rural à Luz de Amartya Sen: Um estudo na Macrorregião Oeste do Paraná

    Marines Rute de Oliveira

    Simplíssimo

    O livro "O desenvolvimento rural à luz de Amartya Sen" é resultado de uma tese de doutoramento em Ciências Sociais elaborado pela autora. Trata-se de uma pesquisa quantitativa e qualitativa cujo objetivo foi analisar o desenvolvimento rural da mesorregião oeste paranaense a partir da expansão das liberdades dos agricultores familiares ali residentes. O olhar analítico está centrado nas teorias de Amartya Sen, trabalhando conceitos como: desenvolvimento como liberdade, capacitações, funcionamentos e objetos-valor. E de uma forma secundária conceitos de Ação Social de Max Weber e Capitais econômicos, sociais e culturais de Pierre Bourdieu. Procurou-se identificar como determinados fatores sociais e econômicos, entre eles as políticas públicas, em especial o PRONAF, podem gerar impactos nos funcionamentos valiosos: fazeres e seres dos agricultores familiares. Mediante os dados secundários extraídos de Institutos de Pesquisas, trabalhando com 13 variáveis econômicas e sociais, utilizando a Estatística (análise fatorial) e desenvolvendo um índice de desenvolvimento rural - IBDR para cada um dos 50 municípios que compõem a região estudada, deu-se a análise quantitativa. Já com relação à análise qualitativa, foram utilizados dados primários, por meio de entrevistas com questões abertas e fechadas, em que foi realizada a análise de conteúdo. Foram entrevistadas 27 famílias de agricultores familiares de 2 municípios (Cascavel e Braganey) que foram os municípios que apresentaram o maior e o menor índice de desenvolvimento rural, respectivamente. Chega-se a conclusão, neste estudo, que os agricultores familiares desempenham seu papel de ator social, realizam ações e buscam ser protagonistas de suas histórias, por meio de seus funcionamentos, visando à ampliação de suas liberdades, desde a mais elementar até a mais ampla e, com isso, tornam-se uma categoria social que influencia o desenvolvimento rural do local estudado.
    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 140
    Peso do arquivo 3.48MB
    Ano da publicação 2021
    Tradutor(a)

    Sinopse

    O livro "O desenvolvimento rural à luz de Amartya Sen" é resultado de uma tese de doutoramento em Ciências Sociais elaborado pela autora. Trata-se de uma pesquisa quantitativa e qualitativa cujo objetivo foi analisar o desenvolvimento rural da mesorregião oeste paranaense a partir da expansão das liberdades dos agricultores familiares ali residentes. O olhar analítico está centrado nas teorias de Amartya Sen, trabalhando conceitos como: desenvolvimento como liberdade, capacitações, funcionamentos e objetos-valor. E de uma forma secundária conceitos de Ação Social de Max Weber e Capitais econômicos, sociais e culturais de Pierre Bourdieu. Procurou-se identificar como determinados fatores sociais e econômicos, entre eles as políticas públicas, em especial o PRONAF, podem gerar impactos nos funcionamentos valiosos: fazeres e seres dos agricultores familiares. Mediante os dados secundários extraídos de Institutos de Pesquisas, trabalhando com 13 variáveis econômicas e sociais, utilizando a Estatística (análise fatorial) e desenvolvendo um índice de desenvolvimento rural - IBDR para cada um dos 50 municípios que compõem a região estudada, deu-se a análise quantitativa. Já com relação à análise qualitativa, foram utilizados dados primários, por meio de entrevistas com questões abertas e fechadas, em que foi realizada a análise de conteúdo. Foram entrevistadas 27 famílias de agricultores familiares de 2 municípios (Cascavel e Braganey) que foram os municípios que apresentaram o maior e o menor índice de desenvolvimento rural, respectivamente. Chega-se a conclusão, neste estudo, que os agricultores familiares desempenham seu papel de ator social, realizam ações e buscam ser protagonistas de suas histórias, por meio de seus funcionamentos, visando à ampliação de suas liberdades, desde a mais elementar até a mais ampla e, com isso, tornam-se uma categoria social que influencia o desenvolvimento rural do local estudado.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Marines Rute de Oliveira
    • Tradutor(a)
    • Gênero Sociologia
    • Editora Simplíssimo
    • Páginas 140
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786558901433
    • Peso do arquivo 3.48MB