• Mandíbula

    Mónica Ojeda

    Autêntica Contemporânea

    Neste romance perturbador e polifônico, terrível e hipnótico, Mónica Ojeda recria um mundo do feminino monstruoso, impiedoso e sem limites, onde perigo e desejo reinam como uma fascinante deusa de duas cabeças. Fernanda, uma insolente estudante do Ensino Médio apaixonada por literatura e filmes de terror, acorda com os pés e as mãos amarrados em uma cabana no meio da floresta. Sua sequestradora, entretanto, não é uma estranha. Trata-se de Miss Clara, a professora de Literatura, uma mulher assombrada pela memória da própria mãe e assediada durante meses por suas alunas do Colégio Bilíngue Delta, uma escola católica de elite. Rapidamente, os motivos do sequestro se revelarão muito mais complexos e sombrios do que a vingança pelos traumas sofridos pela professora. Com um texto imaginativo e surpreendente, a equatoriana Mónica Ojeda cria neste romance não apenas personagens desconcertantes, mas também uma ambientação perturbadora para uma narrativa de nuances e contornos tênues entre o horror, o desejo e a perversidade, investindo nas relações de professoras e alunas, mães e filhas, irmãs e amigas do coração. Aqui, o medo e sua relação com os laços familiares, a sexualidade e a violência que espreita o amor estão expressos, várias vezes literalmente, por meio da mordida feroz e do ataque quase sexual, das brincadeiras dolorosas e da confiança quase dependente entre meninas e mulheres que se conectam, mas também se (a)traem. O rapto revelado já nas primeiras páginas será apenas o começo de uma jornada aterradora e viciante pela escrita de Mónica Ojeda. _______________________________________________________________ "Mandíbula é o terceiro romance de Ojeda e a prova irrefutável de sua maestria para contar histórias tecidas com saliva, sangue, pesadelos e rosários de dentes de leite." MARÍA FERNANDA AMPUERO – El Telégrafo "Um impacto literário, estético e emocional " MARIANA ENRÍQUEZ – Escritora e jornalista argentina
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 304
    Peso do arquivo 3.44MB
    Ano da publicação 2022
    Tradutor(a) Silvia Massimini Felix

    Sinopse

    Neste romance perturbador e polifônico, terrível e hipnótico, Mónica Ojeda recria um mundo do feminino monstruoso, impiedoso e sem limites, onde perigo e desejo reinam como uma fascinante deusa de duas cabeças. Fernanda, uma insolente estudante do Ensino Médio apaixonada por literatura e filmes de terror, acorda com os pés e as mãos amarrados em uma cabana no meio da floresta. Sua sequestradora, entretanto, não é uma estranha. Trata-se de Miss Clara, a professora de Literatura, uma mulher assombrada pela memória da própria mãe e assediada durante meses por suas alunas do Colégio Bilíngue Delta, uma escola católica de elite. Rapidamente, os motivos do sequestro se revelarão muito mais complexos e sombrios do que a vingança pelos traumas sofridos pela professora. Com um texto imaginativo e surpreendente, a equatoriana Mónica Ojeda cria neste romance não apenas personagens desconcertantes, mas também uma ambientação perturbadora para uma narrativa de nuances e contornos tênues entre o horror, o desejo e a perversidade, investindo nas relações de professoras e alunas, mães e filhas, irmãs e amigas do coração. Aqui, o medo e sua relação com os laços familiares, a sexualidade e a violência que espreita o amor estão expressos, várias vezes literalmente, por meio da mordida feroz e do ataque quase sexual, das brincadeiras dolorosas e da confiança quase dependente entre meninas e mulheres que se conectam, mas também se (a)traem. O rapto revelado já nas primeiras páginas será apenas o começo de uma jornada aterradora e viciante pela escrita de Mónica Ojeda. _______________________________________________________________ "Mandíbula é o terceiro romance de Ojeda e a prova irrefutável de sua maestria para contar histórias tecidas com saliva, sangue, pesadelos e rosários de dentes de leite." MARÍA FERNANDA AMPUERO – El Telégrafo "Um impacto literário, estético e emocional " MARIANA ENRÍQUEZ – Escritora e jornalista argentina

    Ficha técnica

    • Autor(a) Mónica Ojeda
    • Tradutor(a) Silvia Massimini Felix
    • Gênero Literatura Mundial
    • Editora Autêntica Contemporânea
    • Páginas 304
    • Ano 2022
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786559281480
    • Peso do arquivo 3.44MB