• Não sei como ela dá conta

    Allison Pearson

    Verus

    Como uma verdadeira heroína dos nossos tempos, Kate Reddy prova que nunca é tarde para se reinventar e reescrever a sua história. Hilário e emocionante, Não sei como ela dá conta representa mulheres de todas as idades que já se pegaram penando para dar conta de tudo sem perder o passo. Kate Reddy tinha tudo: uma bela casa, dois filhos fofos, um bom marido. Então seus filhos se tornaram adolescentes (leia-se: monstros). Richard, o marido, largou o emprego e começou a beber poções verdes, vestir lycra da cabeça aos pés e gastar o tempo dele — e o dinheiro deles — para dominar a arte do mindfulness. Já que Richard não enxerga ter uma renda regular como parte do caminho para a iluminação, resta a Kate voltar a trabalhar. As empresas não estão necessariamente interessadas em contratar mães de 49 anos, então Kate faz o que precisa fazer: diminui alguns anos da sua idade, entra para um grupo de mulheres que estão retornando ao mercado de trabalho e prepara um currículo com chances de ganhar um prêmio literário de ficção experimental. Enquanto ela aprende alguns truques para sobreviver em seu novo trabalho, Jack, uma antiga paixão, reaparece — e isso não é nem o começo dos problemas de Kate... Não sei como ela dá conta é um romance de formação para se chegar aos cinquenta. É sobre muito mais que o simples fato de encontrar equilíbrio — É sobre recomeçar, envelhecer, cair e se levantar novamente. Sobre descobrir quem você é e do que precisa para se sentir viva quando já se acostumou a ser sempre a última opção. Cada página vai deixar os leitores com a sensação de que há um pouco de Kate Reddy em todos nós. "Ferozmente engraçado e agudamente perspicaz. Não poderia ser mais atual e delicioso. Allison Pearson é capaz de provocar gargalhadas incontroláveis." - USA Today "Pearson acerta em cheio ao transmitir a falta de noção e a impotência que os pais sentem ao criar adolescentes obcecados por jogos e redes sociais. Os leitores vão torcer por Kate enquanto ela se transforma em uma mulher poderosa e madura." - Publishers Weekly "Brilhante, engraçado e sensível... Lidar com o machismo, envelhecer e entender as próprias necessidades enquanto atende às de tantos outros... Pearson escreve realismo com toda a diversão do escapismo." - Booklist
    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 420
    Peso do arquivo 2.18MB
    Ano da publicação 2021

    Sinopse

    Como uma verdadeira heroína dos nossos tempos, Kate Reddy prova que nunca é tarde para se reinventar e reescrever a sua história. Hilário e emocionante, Não sei como ela dá conta representa mulheres de todas as idades que já se pegaram penando para dar conta de tudo sem perder o passo. Kate Reddy tinha tudo: uma bela casa, dois filhos fofos, um bom marido. Então seus filhos se tornaram adolescentes (leia-se: monstros). Richard, o marido, largou o emprego e começou a beber poções verdes, vestir lycra da cabeça aos pés e gastar o tempo dele — e o dinheiro deles — para dominar a arte do mindfulness. Já que Richard não enxerga ter uma renda regular como parte do caminho para a iluminação, resta a Kate voltar a trabalhar. As empresas não estão necessariamente interessadas em contratar mães de 49 anos, então Kate faz o que precisa fazer: diminui alguns anos da sua idade, entra para um grupo de mulheres que estão retornando ao mercado de trabalho e prepara um currículo com chances de ganhar um prêmio literário de ficção experimental. Enquanto ela aprende alguns truques para sobreviver em seu novo trabalho, Jack, uma antiga paixão, reaparece — e isso não é nem o começo dos problemas de Kate... Não sei como ela dá conta é um romance de formação para se chegar aos cinquenta. É sobre muito mais que o simples fato de encontrar equilíbrio — É sobre recomeçar, envelhecer, cair e se levantar novamente. Sobre descobrir quem você é e do que precisa para se sentir viva quando já se acostumou a ser sempre a última opção. Cada página vai deixar os leitores com a sensação de que há um pouco de Kate Reddy em todos nós. "Ferozmente engraçado e agudamente perspicaz. Não poderia ser mais atual e delicioso. Allison Pearson é capaz de provocar gargalhadas incontroláveis." - USA Today "Pearson acerta em cheio ao transmitir a falta de noção e a impotência que os pais sentem ao criar adolescentes obcecados por jogos e redes sociais. Os leitores vão torcer por Kate enquanto ela se transforma em uma mulher poderosa e madura." - Publishers Weekly "Brilhante, engraçado e sensível... Lidar com o machismo, envelhecer e entender as próprias necessidades enquanto atende às de tantos outros... Pearson escreve realismo com toda a diversão do escapismo." - Booklist
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Allison Pearson
    • Tradutor(a)
    • Gênero Literatura Mundial
    • Editora Verus
    • Páginas 420
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786559240487
    • Peso do arquivo 2.18MB