• O abraço de amor de Kahlo, Estrada, Zenil e eu: uma genealogia matricial a partir do corpo performativo

    Odailso Berté

    Editora UFSM

    O abraço de amor de Kahlo, Estrada, Zenil e eu tece uma genealogia matricial entre esses artistas a partir da performatividade do corpo e seus processos criativos. Três homens engravidados por Frida Kahlo é a (im)provável e potente metáfora que possibilita refletir sobre a (pro)criação dessa artista e questionar o ensimesmamento que tem despolitizado seu trabalho artístico. A perspectiva de que o pessoal é político atravessa este estudo, destacando a autobiografia, o corpo e o contexto sociocultural como as bases primordiais da arte. Enlaçados ao trabalho artístico-investigativo do autor, esses artistas, temas e posições políticas constroem uma bricolagem entre cultura visual, artes visuais, dança contemporânea e performance para pensar-fazer a arte como luta em nossa América Latina colonizada, explorada, mas também valente, exuberante e, se quiser, revolucionária. Imagem da capa: Nahum B. Zenil, Con todo respeto, 1983, técnica mista sobre papel, 30,5 × 41 cm, Coleção do artista. Coedição: Editora UFSM e Universidad Iberoamericana Ciudad de México
    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 300
    Peso do arquivo 12.55MB
    Ano da publicação 2020

    Sinopse

    O abraço de amor de Kahlo, Estrada, Zenil e eu tece uma genealogia matricial entre esses artistas a partir da performatividade do corpo e seus processos criativos. Três homens engravidados por Frida Kahlo é a (im)provável e potente metáfora que possibilita refletir sobre a (pro)criação dessa artista e questionar o ensimesmamento que tem despolitizado seu trabalho artístico. A perspectiva de que o pessoal é político atravessa este estudo, destacando a autobiografia, o corpo e o contexto sociocultural como as bases primordiais da arte. Enlaçados ao trabalho artístico-investigativo do autor, esses artistas, temas e posições políticas constroem uma bricolagem entre cultura visual, artes visuais, dança contemporânea e performance para pensar-fazer a arte como luta em nossa América Latina colonizada, explorada, mas também valente, exuberante e, se quiser, revolucionária. Imagem da capa: Nahum B. Zenil, Con todo respeto, 1983, técnica mista sobre papel, 30,5 × 41 cm, Coleção do artista. Coedição: Editora UFSM e Universidad Iberoamericana Ciudad de México
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Odailso Berté
    • Tradutor(a)
    • Gênero Teoria e Crítica de arte
    • Editora Editora UFSM
    • Páginas 300
    • Ano 2020
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786557160114
    • Peso do arquivo 12.55MB