• O Cristo Multivibracional: vida de um cristo

    Francisco Ederaldo Kornalewski

    Viseu

    Muitas vezes o Hino que era cantado pelas multidões das supercivilizações foi transmitido por potentes transmissores instantaneamente, e traduzidos por chips potentes, evitou terríveis conflitos, durante a Rebelião de Lúcifer foi cantado por todos os exércitos embarcados e aéreos e na Terra Física. Após o término, muitos remanescentes da Infantaria Teleportada Mutante Invisível Física, após desencarnar foram incorporados a Infantaria Invisível no mundo Espiritual, continuavam a cantar este Hino, em todas as bases espirituais também e nas recepções às Autoridades Espirituais. Enfim, ele foi adotado como Hino do Planeta Terra, quando Cristo Jesus aceitou ser o Redentor e veio para ficar, na chegada à sede do Governo Espiritual foi homenageado com este Hino executado pela Infantaria Invisível, poucos a enxergavam, foi registrado ante o Governo Central e no governo do Pai desta Constelação. Isso há mais ou menos 200 mil anos terrestres. Estes versos foram ditados pelas Entidades Espirituais General Antônio de Sampaio e pelo Tenente-general Wladislaus Anders, que ditou o livro - Cristo Redentor Jesus – onde este hino faz parte.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 178
    Peso do arquivo 0.52MB
    Ano da publicação 2019
    Tradutor(a)

    Sinopse

    Muitas vezes o Hino que era cantado pelas multidões das supercivilizações foi transmitido por potentes transmissores instantaneamente, e traduzidos por chips potentes, evitou terríveis conflitos, durante a Rebelião de Lúcifer foi cantado por todos os exércitos embarcados e aéreos e na Terra Física. Após o término, muitos remanescentes da Infantaria Teleportada Mutante Invisível Física, após desencarnar foram incorporados a Infantaria Invisível no mundo Espiritual, continuavam a cantar este Hino, em todas as bases espirituais também e nas recepções às Autoridades Espirituais. Enfim, ele foi adotado como Hino do Planeta Terra, quando Cristo Jesus aceitou ser o Redentor e veio para ficar, na chegada à sede do Governo Espiritual foi homenageado com este Hino executado pela Infantaria Invisível, poucos a enxergavam, foi registrado ante o Governo Central e no governo do Pai desta Constelação. Isso há mais ou menos 200 mil anos terrestres. Estes versos foram ditados pelas Entidades Espirituais General Antônio de Sampaio e pelo Tenente-general Wladislaus Anders, que ditou o livro - Cristo Redentor Jesus – onde este hino faz parte.

    Ficha técnica

    • Autor(a) Francisco Ederaldo Kornalewski
    • Tradutor(a)
    • Gênero Esoterismo
    • Editora Viseu
    • Páginas 178
    • Ano 2019
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788530001018
    • Peso do arquivo 0.52MB