• O túnel

    A. B. Yehoshua

    DBA Editora

    "Yehoshua entrelaça magistralmente a narrativa social com o retrato de uma mente em declínio (...) É difícil não interpretar a atrofia do lobo frontal de Zvi como uma espécie de metáfora para a atual estagnação da sociedade israelense."
    New York Times

    "Uma obra muito comovente de um mestre da narrativa."
    Kirkus Review
    "A. B. Yehoshua é um dos grandes escritores do século XX (...) O túnel é um romance tão íntimo e vívido que o passado e o futuro se mesclam gerando surpresa e deleite."
    The Arts Fuse
    Primeiro começa com um nome de um antigo conhecido, depois uma receita culinária, depois o que deveria comprar no mercado... Um ponto escuro surgiu na tomografia e Zvi Luria, septuagenário morador de Tel Aviv, foi diagnosticado com demência. Nada pode ser mais doloroso a um judeu do que perder a memória, afinal, a história de seu povo está profundamente ligada ao ato de lembrar.
    Engenheiro aposentado, Zvi Luria decide enfrentar o fantasma do esquecimento se jogando em um trabalho voluntário auxiliando a construir uma estrada em uma cratera no deserto israelense. No entanto, logo descobre que uma família palestina vive sob as ruínas do terreno onde o projeto seria realizado. Tal acontecimento levará Luria a enfrentar, de certo modo, toda a história do país e do conflito de décadas na região, e fatos que muitos optam por esquecer.
    O túnel, sucesso de crítica, mostra que o consagrado escritor A. B. Yehoshua (nascido em 1936) está no auge de sua carreira, aliando um humor mordaz de provocar gargalhadas com uma leitura crítica e multifacetada das questões políticas que cercam seu país e toda a cultura judaica do século XXI.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 432
    Peso do arquivo 1.10MB
    Ano da publicação 2022
    Tradutor(a) Tova Sender

    Sinopse

    "Yehoshua entrelaça magistralmente a narrativa social com o retrato de uma mente em declínio (...) É difícil não interpretar a atrofia do lobo frontal de Zvi como uma espécie de metáfora para a atual estagnação da sociedade israelense."
    New York Times

    "Uma obra muito comovente de um mestre da narrativa."
    Kirkus Review
    "A. B. Yehoshua é um dos grandes escritores do século XX (...) O túnel é um romance tão íntimo e vívido que o passado e o futuro se mesclam gerando surpresa e deleite."
    The Arts Fuse
    Primeiro começa com um nome de um antigo conhecido, depois uma receita culinária, depois o que deveria comprar no mercado... Um ponto escuro surgiu na tomografia e Zvi Luria, septuagenário morador de Tel Aviv, foi diagnosticado com demência. Nada pode ser mais doloroso a um judeu do que perder a memória, afinal, a história de seu povo está profundamente ligada ao ato de lembrar.
    Engenheiro aposentado, Zvi Luria decide enfrentar o fantasma do esquecimento se jogando em um trabalho voluntário auxiliando a construir uma estrada em uma cratera no deserto israelense. No entanto, logo descobre que uma família palestina vive sob as ruínas do terreno onde o projeto seria realizado. Tal acontecimento levará Luria a enfrentar, de certo modo, toda a história do país e do conflito de décadas na região, e fatos que muitos optam por esquecer.
    O túnel, sucesso de crítica, mostra que o consagrado escritor A. B. Yehoshua (nascido em 1936) está no auge de sua carreira, aliando um humor mordaz de provocar gargalhadas com uma leitura crítica e multifacetada das questões políticas que cercam seu país e toda a cultura judaica do século XXI.

    Ficha técnica

    • Autor(a) A. B. Yehoshua
    • Tradutor(a) Tova Sender
    • Gênero Literatura Mundial
    • Editora DBA Editora
    • Páginas 432
    • Ano 2022
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786558260349
    • Peso do arquivo 1.10MB