• Os Mutantes: A Hora e a Vez

    Leila Lisboa

    Editora Belas-Letras

    UM REGISTRO VISUAL INÉDITO DA INTIMIDADE DA BANDA QUE TRANSFORMOU PARA SEMPRE A MÚSICA BRASILEIRA Com apresentação exclusiva do produtor musical e ex-baixista Liminha e prefácio de Thunderbird contextualizando vida e época dos Mutantes. Durante o período mais criativo dos Mutantes, entre 1969 e 1974, Leila Lisboa foi uma espécie de integrante honorária do conjunto. Namorada do então baixista Liminha, a jovem fotógrafa teve acesso privilegiado aos ensaios, aos shows e à intimidade de pura psicodelia de uma das maiores bandas brasileiras. Ela nem desconfiava, mas naquele momento estava fazendo parte de um dos capítulos mais importantes da história da música – e capturando tudo com sua máquina fotográfica de uma foma singela e espontânea, como amigos registram seus momentos juntos. Os Mutantes: A hora e a vez é um documento histórico nunca acessado, com momentos da convivência entre os Mutantes e os anos em que moraram juntos como uma legítima comunidade hippie na Serra da Cantareira, uma região ao norte de São Paulo. Além disso, cenas de shows, ensaios, bastidores e momentos únicos de descontração, incluindo notas pessoais afetivas de Leila. Essa é uma edição de luxo, em capa dura, com mais de uma centena de fotografias de valor histórico incomparável, em que um grupo de amigos produziu arte e viveu na essência as palavras de Simone de Beauvoir: "Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância."
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 224
    Peso do arquivo 82.46MB
    Ano da publicação 2021
    Tradutor(a)

    Sinopse

    UM REGISTRO VISUAL INÉDITO DA INTIMIDADE DA BANDA QUE TRANSFORMOU PARA SEMPRE A MÚSICA BRASILEIRA Com apresentação exclusiva do produtor musical e ex-baixista Liminha e prefácio de Thunderbird contextualizando vida e época dos Mutantes. Durante o período mais criativo dos Mutantes, entre 1969 e 1974, Leila Lisboa foi uma espécie de integrante honorária do conjunto. Namorada do então baixista Liminha, a jovem fotógrafa teve acesso privilegiado aos ensaios, aos shows e à intimidade de pura psicodelia de uma das maiores bandas brasileiras. Ela nem desconfiava, mas naquele momento estava fazendo parte de um dos capítulos mais importantes da história da música – e capturando tudo com sua máquina fotográfica de uma foma singela e espontânea, como amigos registram seus momentos juntos. Os Mutantes: A hora e a vez é um documento histórico nunca acessado, com momentos da convivência entre os Mutantes e os anos em que moraram juntos como uma legítima comunidade hippie na Serra da Cantareira, uma região ao norte de São Paulo. Além disso, cenas de shows, ensaios, bastidores e momentos únicos de descontração, incluindo notas pessoais afetivas de Leila. Essa é uma edição de luxo, em capa dura, com mais de uma centena de fotografias de valor histórico incomparável, em que um grupo de amigos produziu arte e viveu na essência as palavras de Simone de Beauvoir: "Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância."

    Ficha técnica

    • Autor(a) Leila Lisboa
    • Tradutor(a)
    • Gênero Música
    • Editora Editora Belas-Letras
    • Páginas 224
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786555371260
    • Peso do arquivo 82.46MB