• Parábolas de Jesus (Guia do professor)

    Editora Cristã Evangélica

    Editora Cristã Evangélica

    O Evangelho de Marcos foi o primeiro a ser escrito. O evangelista, descrevendo a atividade de Jesus, faz 14 referências ao fato de que o Senhor estava envolvido em ensinar as multidões ou os discípulos. O ministério de ensino de Jesus era efetivo e foi atestado pelo fato de que os discípulos se lembraram das Suas palavras e repetiram a outros. Foi Marcos que testemunhou isto: "Maravilhavam-se da sua doutrina, porque os ensinavam como quem tem autoridade e não como os escribas" (Mc 1.22). Jesus era Mestre por excelência! É interessante notar como Jesus aproveitava a natureza a fim de tirar ilustrações para Suas parábolas (semeador, semente de mostarda, joio e trigo); algumas vezes, Ele usou os costumes familiares da vida cotidiana (fermento, ovelha perdida, homem dormindo em casa com a família quando o vizinho bate à porta); outras vezes, aproveitou os acontecimentos na vida da cidade (juiz injusto, trabalhadores na vinha, bom samaritano, dez virgens) para dar vida ao Seu ensino. Crianças, jovens e adultos, através dos séculos, têm ficado encantados com as histórias de Jesus. Ao estudarmos as parábolas do nosso Senhor e Salvador, que a nossa fé Nele cresça e se aprofunde, e que, como o "incrédulo" Tomé, possamos dizer: "Senhor meu e Deus meu!". Que aprendamos novas lições por meio destas velhas histórias!
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 104
    Peso do arquivo 1.55MB
    Ano da publicação 2018

    Sinopse

    O Evangelho de Marcos foi o primeiro a ser escrito. O evangelista, descrevendo a atividade de Jesus, faz 14 referências ao fato de que o Senhor estava envolvido em ensinar as multidões ou os discípulos. O ministério de ensino de Jesus era efetivo e foi atestado pelo fato de que os discípulos se lembraram das Suas palavras e repetiram a outros. Foi Marcos que testemunhou isto: "Maravilhavam-se da sua doutrina, porque os ensinavam como quem tem autoridade e não como os escribas" (Mc 1.22). Jesus era Mestre por excelência! É interessante notar como Jesus aproveitava a natureza a fim de tirar ilustrações para Suas parábolas (semeador, semente de mostarda, joio e trigo); algumas vezes, Ele usou os costumes familiares da vida cotidiana (fermento, ovelha perdida, homem dormindo em casa com a família quando o vizinho bate à porta); outras vezes, aproveitou os acontecimentos na vida da cidade (juiz injusto, trabalhadores na vinha, bom samaritano, dez virgens) para dar vida ao Seu ensino. Crianças, jovens e adultos, através dos séculos, têm ficado encantados com as histórias de Jesus. Ao estudarmos as parábolas do nosso Senhor e Salvador, que a nossa fé Nele cresça e se aprofunde, e que, como o "incrédulo" Tomé, possamos dizer: "Senhor meu e Deus meu!". Que aprendamos novas lições por meio destas velhas histórias!
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Editora Cristã Evangélica
    • Tradutor(a)
    • Gênero Bíblias e Textos Sagrados
    • Editora Editora Cristã Evangélica
    • Páginas 104
    • Ano 2018
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788576688693
    • Peso do arquivo 1.55MB