• Patrística - Homilia sobre Lucas 12 | Homilias sobre a origem do homem | Tratado sobre o Espírito Santo - Vol. 14

    Basílio de Cesareia

    Paulus Editora

    Basílio é certamente o mais importante dos famosos "Padres capadócios". Personalidade fértil, atuante na reflexão filosófica, teológica e mística, na produção literária, no expor suas ideias através de cartas, sermões, tratados, na organização e na administração das comunidades de sua diocese, ganhou o título de "Magno". Nascido e criado na alta aristocracia latifundiária do século IV, não julgou conveniente reter para si e se enriquecer ainda mais, como faziam os ricos de sua época, mas, tocado profundamente pelo Evangelho, desprezou as glórias, pompas e riquezas do mundo, dedicando-se à meditação, ao recolhimento, às obras de caridade, vendendo seus bens e repartindo com os mais necessitados suas riquezas. Teve infância e juventude dedicadas aos estudos em sua terra natal, sob orientação de seu pai, e depois em Constantinopla, Antenas e Egito. Sacerdote, depois bispo de Cesaréia, enfrentou os piores períodos de seca, miséria e exploração do povo e a política hostil do imperador arianista. Com saúde muito frágil e com atividade incessante, aos 40 anos parecia um velho. Não se poupou. Despendeu suas energias e toda a sua vida para unir as Igrejas, instruir o clero, os religiosos, os fiéis e socorrer os pobres. De natureza tímida, experimentou muitas incompreensões e insucessos, mas nunca fugiu às responsabilidades de líder nem se fechou ao diálogo para a consolidação da paz e da ortodoxia.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 192
    Peso do arquivo 0.43MB
    Ano da publicação 2014
    Tradutor(a)

    Sinopse

    Basílio é certamente o mais importante dos famosos "Padres capadócios". Personalidade fértil, atuante na reflexão filosófica, teológica e mística, na produção literária, no expor suas ideias através de cartas, sermões, tratados, na organização e na administração das comunidades de sua diocese, ganhou o título de "Magno". Nascido e criado na alta aristocracia latifundiária do século IV, não julgou conveniente reter para si e se enriquecer ainda mais, como faziam os ricos de sua época, mas, tocado profundamente pelo Evangelho, desprezou as glórias, pompas e riquezas do mundo, dedicando-se à meditação, ao recolhimento, às obras de caridade, vendendo seus bens e repartindo com os mais necessitados suas riquezas. Teve infância e juventude dedicadas aos estudos em sua terra natal, sob orientação de seu pai, e depois em Constantinopla, Antenas e Egito. Sacerdote, depois bispo de Cesaréia, enfrentou os piores períodos de seca, miséria e exploração do povo e a política hostil do imperador arianista. Com saúde muito frágil e com atividade incessante, aos 40 anos parecia um velho. Não se poupou. Despendeu suas energias e toda a sua vida para unir as Igrejas, instruir o clero, os religiosos, os fiéis e socorrer os pobres. De natureza tímida, experimentou muitas incompreensões e insucessos, mas nunca fugiu às responsabilidades de líder nem se fechou ao diálogo para a consolidação da paz e da ortodoxia.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Basílio de Cesareia
    • Tradutor(a)
    • Gênero Cristianismo
    • Editora Paulus Editora
    • Páginas 192
    • Ano 2014
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788534938907
    • Peso do arquivo 0.43MB