• Psicanálise e Musicalidades: Sublimação, Invocações, Laço Social

    LEANDRO A. TODESQUI TAVARES

    Editora Unifesp

    O caminho desta obra e o meu se cruzaram: como psicanalista, pesquisa e transmissão da psicanálise participam de minha prática, sendo a sublimação e o ato criativo temas que me são muito caros. Partindo de uma dupla proximidade – com o campo da música e com a psicanálise –, Leandro Tavares trabalha neste livro a interessante ponte que podemos fazer, como analistas, entre a musicalidade e a clínica psicanalítica. Lacan eleva a voz ao estatuto de objeto a e chega a afirmar que a pulsão invocante é aquela que mais se aproxima do inconsciente. Não por acaso, o trabalho analítico é feito a partir de sonoridades e de seus efeitos no corpo do analisante pela sustentação do silêncio do analista que invoca. Com a grata oportunidade que tive de acompanhar o trabalho de Leandro desde a defesa de sua tese de doutoramento, posso afirmar, com alegria, que daquela data até esta publicação o diálogo entre o fazer psicanalítico e o musical amadureceu e aperfeiçoou-se. Podem agora os leitores que se interessam por tais campos individualmente ou, ainda, pela intersecção entre arte e psicanálise encontrar nesta obra não só uma referência para essa discussão, como também um tratamento prazeroso do tema, em consonância com a função primordial da música em nossas vidas. Faço votos de uma boa e sonora leitura. ZEILA TOREZAN
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 240
    Peso do arquivo 0.65MB
    Ano da publicação 2021

    Sinopse

    O caminho desta obra e o meu se cruzaram: como psicanalista, pesquisa e transmissão da psicanálise participam de minha prática, sendo a sublimação e o ato criativo temas que me são muito caros. Partindo de uma dupla proximidade – com o campo da música e com a psicanálise –, Leandro Tavares trabalha neste livro a interessante ponte que podemos fazer, como analistas, entre a musicalidade e a clínica psicanalítica. Lacan eleva a voz ao estatuto de objeto a e chega a afirmar que a pulsão invocante é aquela que mais se aproxima do inconsciente. Não por acaso, o trabalho analítico é feito a partir de sonoridades e de seus efeitos no corpo do analisante pela sustentação do silêncio do analista que invoca. Com a grata oportunidade que tive de acompanhar o trabalho de Leandro desde a defesa de sua tese de doutoramento, posso afirmar, com alegria, que daquela data até esta publicação o diálogo entre o fazer psicanalítico e o musical amadureceu e aperfeiçoou-se. Podem agora os leitores que se interessam por tais campos individualmente ou, ainda, pela intersecção entre arte e psicanálise encontrar nesta obra não só uma referência para essa discussão, como também um tratamento prazeroso do tema, em consonância com a função primordial da música em nossas vidas. Faço votos de uma boa e sonora leitura. ZEILA TOREZAN
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) LEANDRO A. TODESQUI TAVARES
    • Tradutor(a)
    • Gênero Psicologia
    • Editora Editora Unifesp
    • Páginas 240
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786556320106
    • Peso do arquivo 0.65MB