• Um fotógrafo diferente chamado Debret

    Mércia Maria Leitão, Neide Duarte

    Editora do Brasil

    Hoje em dia basta pegar uma câmera fotográfica e registrar o momento que desejamos. Mas e antigamente, como as cenas eram registradas? Neste livro o leitor conhecerá um pouco sobre a vida e a obra de Jean-Baptiste Debret, um pintor francês que chegou aqui no Brasil em 1816 e registrou a nossa sociedade naquela época. Um verdadeiro repórter do seu tempo, traduzindo em imagens a história do povo que por aqui viveu: nossos antepassados indígenas, portugueses, africanos e um incontável número de imigrantes que fez desta terra o Brasil que conhecemos.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 48
    Peso do arquivo 67.03MB
    Ano da publicação 2020
    Tradutor(a)

    Sinopse

    Hoje em dia basta pegar uma câmera fotográfica e registrar o momento que desejamos. Mas e antigamente, como as cenas eram registradas? Neste livro o leitor conhecerá um pouco sobre a vida e a obra de Jean-Baptiste Debret, um pintor francês que chegou aqui no Brasil em 1816 e registrou a nossa sociedade naquela época. Um verdadeiro repórter do seu tempo, traduzindo em imagens a história do povo que por aqui viveu: nossos antepassados indígenas, portugueses, africanos e um incontável número de imigrantes que fez desta terra o Brasil que conhecemos.

    Ficha técnica

    • Autor(a) Mércia Maria Leitão, Neide Duarte
    • Tradutor(a)
    • Gênero Familia e Questões sociais
    • Editora Editora do Brasil
    • Páginas 48
    • Ano 2020
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788510078672
    • Peso do arquivo 67.03MB